Perguntas frequentes dos 12 aos 18 meses

1. O meu bebé pode comer o que o resto da família está a comer?

Os bebés querem fazer parte da família, então assim que o seu bebé passar as fases iniciais do desmame, é bom envolvê-lo nas refeições familiares. Este é um bom momento para analisar a dieta de toda a família e garantir que seja saudável e bem equilibrada, incluindo uma quantidade suficiente de alimentos com amido, poucos alimentos açucarados e gordurosos e evitar o sal em demasia.

Os bebés podem comer muitos dos alimentos que comem os outros membros da família, desde que não se esqueça de evitar os seguintes alimentos para o seu bebé ou criança pequena:

  • Alimentos com sal ou açúcar adicionados (embora possa dar uma guloseima açucarada ocasionalmente)
  • Queijos não pasteurizados como brie e camembert e queijos azuis (até o bebé ter um ano de idade)
  • Mel (até o bebé ter um ano de idade)
  • Nozes inteiras (antes dos 5 anos, para evitar o risco de asfixia)
  • Uvas inteiras (antes de um ano, para evitar o risco de asfixia)
  • Alimentos muito duros e "afiados" que podem cortar a boca do bebé

2. O meu bebé está a desenvolver exigências. Como posso impedir que isso aconteça?

A recusa de alimentos é uma fase normal que a maioria dos bebés atravessa em algum momento do seu desenvolvimento. Durante algum tempo, as crianças podem limitar o número de alimentos que querem comer. Esta é geralmente uma fase passageira e será mais visível em algumas crianças do que em outras. O medo de novos alimentos no segundo ano de vida pode ser um mecanismo primitivo de sobrevivência para evitar que as crianças, cada vez com mais mobilidade, se envenenem com a ingestão de coisas encontradas em casa ou no chão.

A primeira vez que a criança prova um novo alimento pode ter uma reação cautelosa ou mesmo recusar-se a comer, mas não desista dos alimentos, pois, nesta fase, pode ser uma reação normal. A criança pode precisar de provar o alimento mais algumas vezes antes de o aceitar como sendo bom para comer. Também é muito útil o bebé vê-la comer o alimento, pois confia no que a vê comer para se sentir seguro, podendo mesmo pedir-lhe para comer um pouco do seu prato.

O seu filho pode comer menos do que as outras crianças da mesma idade, mas se está a crescer e a desenvolver-se normalmente, está na realidade a ingerir a quantidade certa de alimentos para satisfazer as suas necessidades nutricionais.

3. Com que idade o meu bebé pode começar a comer guloseimas ocasionalmente?

É aceitável uma pequena quantidade de açúcar se tiver uma dieta equilibrada que contenha alimentos de todos os grupos (amidos, frutas e vegetais, leite, iogurte, carne e peixe). As guloseimas açucaradas (especialmente as bebidas açucaradas) não devem ser dadas isoladamente, ou seja, sozinhas entre as refeições, pois assim é mais prejudicial para os dentes. Também nunca devem ser dadas em substituição de uma refeição, com a desculpa de "pelo menos está a comer alguma coisa", o que transmite, sem dúvida, uma mensagem errada. Haverá naturalmente sempre um pouco de açúcar na dieta e os hidratos de carbono no leite materno são lactose açucarada, sendo bastante doce.

As boas práticas de desmame ajudam a ensinar à criança que os sabores além do leite materno são bons para comer. Os alimentos de ocasiões especiais como, por exemplo, os bolos de aniversário são obviamente aceitáveis.